A SouthRock Capital anunciou mais uma empresa em recuperação judicial: o Subway. De acordo com os documentos  as dívidas totalizam R$ 482,7 milhões.

A requerente do pedido é a operadora da marca no Brasil, a SouthRock Foods. Além do Subway, o grupo também controla o Eataly e as redes Starbucks, TGI Fridays e Brazil Airports Restaurants. Este pedido de recuperação da Starbucks Brasil foi realizado no final de 2023.

Segundo a controladora, um grupo de credores barrou as negociações e passou a exigir o pagamento imediato dos valores a que tinham direito, assim dando entrada no pedido de RJ do Subway.

O pedido foi protocolado na 1ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais do Foro Central da Comarca de São Paulo na segunda-feira (11), sendo que a recuperação judicial foi aceita dois dias depois,na quarta-feira (13).

Confira o posicionamento da SouthRock :

A SouthRock esclarece que, nesta semana, deu início ao processo de Recuperação Judicial do grupo de CNPJs que até recentemente era responsável pela gestão das franquias Subway no Brasil, devido a, entre outras circunstâncias, o cancelamento da sua licença de operação.

Cabe esclarecer, ainda, que sua atividade enquanto gestora das franquias não se confunde com aquela exercida pelos franqueados da marca e operadores das lojas, não abrangidos pelo processo.

O caso:

A empresa  SouthRock Capital, operadora das marcas Starbucks e Subway no Brasil, entrou com pedido de recuperação judicial no dia 31 de outubro do ano passado. O documento elaborado pela TWK Advogados, no qual o Money Times teve acesso, tem 30 páginas e cita dívidas de R$ 1,8 bilhão.

Na época, o processo não citava o Subway. A SouthRock afirmou que a marca Subway não faz parte do pedido de recuperação judicial “por uma decisão de negócios, tomada em conjunto com os parceiros comerciais”.

 

 

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Whats da Rádio Ole
Enviar mensagem