A Polícia Civil deflagrou na terça-feira (10) a segunda fase da Operação Interestadual, que identificou e desmantelou uma organização criminosa responsável por aplicar diversos golpes nos Estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

A investigação durou cerca de 10 meses e contou com a troca de informações e com o apoio da Polícia Rodoviária Federal. Estima-se que o grupo tenha lucrado cerca de R$ 1,5 milhão com os golpes.

O grupo especializado em golpes para adquirir caminhões nos Estados de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul, monitorava sites de anúncios de veículos e procediam a negociação com as vítimas, simulando depósitos em conta corrente, com o artifício de envelopes vazios em terminais de autoatendimento. As vítimas acreditando no comprovante, realizavam a transferência de seus veículos para os criminosos, que posteriormente levavam à Serra Gaúcha para revenda a terceiros.

Com os lucros dos crimes, os suspeitos adquiriam bens em seus nomes e realizavam empréstimos com juros abusivos e prazo curto. Caso as vítimas não pagassem eram cobradas de forma violenta.

Na ação de hoje, foram cumpridas as prisões preventivas do membro da organização responsável por recrutar novos integrantes e direcionar as ações do grupo criminoso e também do operador financeiro do grupo, este que além de aplicar golpes, recebia os lucros do crime e realizava manobras financeiras para ocultar o bem ilícito. Além das prisões, 5 mandados de busca foram cumpridos e 20 contas bancárias bloqueadas.

Durante toda a investigação, nas duas fases:

8 veículos foram apreendidos;

•8 prisões em flagrante;

• 2 prisões preventivas;

•2 armas de fogo apreendidas;

• 20 contas bancárias bloqueadas;

•15 mandados de busca e apreensão cumpridos;

Foram identificados pelo menos 25 golpes estelionatos nas cidades de Caxias do Sul-RS, Ijui-RS, Barra do Ribeiro-RS, São Bento do Sul-RS, Bento Gonçalves-RS, Butia-RS, Giruá-RS, Santana do Livramento-RS, Sananduvas-RS, Guaporé-RS, Santa Maria-RS, Boqueirão do Leão-RS, São Domingos – SC, Rio do Sul-SC, Lages-SC, Benedito Novo-SC, Blumenal- SC, Itajai-SC e Balneário Camburiu-SC.

O inquérito policial será finalizado e remetido em 10 dias, cujas investigações apontaram a participação de 28 suspeitos no cometimento dos crimes de organização criminosa, lavagem de dinheiro, extorsão, porte ilegal de arma de fogo e estelionato.

Os indivíduos presos ficarão à disposição do Poder Judiciário.

 

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Whats da Rádio Ole
Enviar mensagem