Uma moradora do bairro Vila Nova II, em Bento Gonçalves, está denunciando o envenenamento de diversos gatos na região nas últimas semanas. Entre está segunda e terça-feira, 1º e 02 de abril, três felinos morreram.

Conforme as informações da moradora da rua Elza Morbini, Denise Menezes, seu gato e outros dois pets de uma vizinha foram envenenados. Ela não soube informar como ocorreu a situação, mas de uma hora para outra encontrou seu animal espumando pela boca. “Moramos em uma casa cercada e ontem encontrei meu gato espumando pela boca e logo depois, morreu. Não tivemos como levar no veterinário, mas com certeza foi envenenamento. Ele estava na familia há anos, meu filho está inconsolável, perdeu o amigo dele, desabafa a moradora.

Mesmo sem a comprovação de um profissional, a moradora destaca que não é a primeira vez que isso acontece. “Ano passado mataram meu cachorro e mais gatos da minha vizinha da mesma forma. Até fui na Delegacia denunciar o caso, mas falaram que não podiam fazer nada,” comenta Denise.

Lembrando que o envenenamento de animais é uma infração prevista na Lei de Crimes Ambientais (Lei Federal 9.605, de 13/02/98), no artigo 32, que estabelece pena de detenção de três meses a um ano, além de multa. No caso de cães e gatos, a pena é mais severa, com reclusão de 2 a 5 anos, multa e proibição de guarda, conforme § 1º-A do mesmo artigo. Se ocorrer a morte do animal, a pena pode ser aumentada de um sexto a um terço, de acordo com o § 2°. A venda ilegal de venenos, como o “chumbinho”, também é punível por lei, de acordo com o artigo 278 do Código Penal e o artigo 273 da Lei de Crimes contra a Saúde Pública nº 9677/98.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Whats da Rádio Ole
Enviar mensagem