O ministro da Justiça e da Segurança Pública, Ricardo Lewandowski, afirmou no domingo, 18/02, que não há prazo para a captura dos dois presos que fugiram da penitenciária de segurança máxima de Mossoró. Segundo ele, 500 homens de diversas forças policiais estão empenhados na captura dos fugitivos.

Lewandoski foi até a cidade do Rio Grande do Norte para acompanhar as investigações e se reuniu com a governadora do Estado, Fátima Bezerra (PT). Em entrevista coletiva, ele afirmou que as falhas do presídio federal foram corrigidas e que a unidade voltou a ser segura.

Além disso, o ministro afirmou que a Polícia Federal e a Polícia Rodoviária Federal estão empenhadas, além de outras polícias como as militares do Rio Grande do Norte e outros Estados.

Os homens fugiram do presídio federal na última quarta-feira, 14/02.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Whats da Rádio Ole
Enviar mensagem