Na tarde desta quinta-feira (20), o técnico Renato Portaluppi concedeu uma entrevista coletiva em que dois pontos de muito debate ultimamente no Grêmio foram abordados. A possível saída de Luis Suárez e o retorno de Luan ao time Tricolor.

Sempre sincero, o treinador confirmou que existe a possibilidade do uruguaio deixar a equipe nesta janela de transferências, que se estende até o dia 2 de agosto. Segundo ele, o assunto está virando uma “novela mexicana”, afirmando ainda que grande parte das notícias divulgadas são verdadeiras:

“É um problema que está entregue ao presidente. Tudo o que tem saído (na imprensa) não deixa de ser verdade, mas só a diretoria pode decidir. A partir do dia 2 (de agosto) vamos ver o que acontece. Espero que tenhamos um final feliz até o dia 2, porque essa novela tem que acabar. E ela vai acabar”, ressaltou o multicampeão treinador.

Mesmo com um importante jogo no sábado (22), diante do Atlético-MG, que pode recolocar a equipe na segunda colocação do Campeonato Brasileiro, o tema era mesmo sobre a permanência de Suárez, que convive também com muitas dores no joelho direito:

“Eu converso quase diariamente para saber a condição dele. Espero sempre até o último minuto, pode estar com dor ou não. Como treinador conto sempre com o jogador, ele que me dá a resposta. Tenho conversado com ele, mas é entre eu e ele, o mais importante é que tem falado comigo e a diretoria, mas respeito a hierarquia do clube, converso com ele para poder jogar”.

Sobre a possibilidade de atuar neste sábado e também na quarta-feira (26), diante do Flamengo na Arena pelo jogo de ida das semifinais da Copa do Brasil, Portaluppi disse ser impossível confirmar qualquer coisa sobre a participação do atleta antes do jogo, pela variação de intensidade das dores.

“Ele só vai jogar se estiver com a cabeça aqui, independentemente do que acontecer depois. Independentemente das dores, tem que estar focado aqui, sabe da importância dele no time. Se estiver com a cabeça em outro lugar, não posso contar”, afirmou revelando ainda estar em um “tiroteio” entre diretoria e jogador, evidenciando uma mal-estar entre as partes.

Outro tema questionado foi em relação ao retorno de Luan ao Grêmio. Recentemente o comandante do time de Porto Alegre abriu as portas do clube, afirmando que fez contato para o retorno do jogador de 30 anos, e que até segunda-feira (24), deve tomar uma decisão.

Luan não atua desde novembro e a negociação que era dada como certa, deu uma esfriada nesta semana já que ele não quer abrir mão dos valores que ainda tem a receber do Corinthians. Outra questão que pode dificultar o negócio é a prioridade do Grêmio em contratar atletas já com condições de atuar:

“Por enquanto as notícias são as melhores, mas queremos saber dos números, vamos analisar. É um garoto que tenho muito carinho. Ele me dava alguns problemas durante a semana, mas dava problema ao adversário no final de semana”, relembrou Renato.

No meio de tudo isso, o Grêmio joga amanhã contra o Atlético-MG amanhã (22), a partir das 21h, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro na Arena. A equipe está na terceira posição, com 26 pontos conquistados.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Whats da Rádio Ole
Enviar mensagem