Uma notícia publicada pelo jornal El Periódico, da Espanha, afirma que câmera de segurança registraram que o atleta Daniel Alves teria ficado cerca de 15 minutos no banheiro com a mulher que lhe acusa de estupro. Até o momento, ele deu versões diferentes dos fatos. No início, falou que não conhecia a mulher, já na última semana disse que teria tido relações consensuais.

defesa de Daniel Alves agora quer apresentar uma nova versão à Justiça espanhola. O pedido de novo depoimento veio após o jogador passar duas noites em um centro penitenciário usado para reclusões preventivas. As contradições nos depoimentos e a possibilidade de fuga levantada pelas autoridades foram os principais motivos apontados para justificar a prisão.

Ainda assim, fontes do jornal El Paísafirmaram que a jovem abriu mão do direito a ser indenizada pela agressão que teria sofrido porque ela espera que seja feita justiça e que o atleta pague com prisão pelo ocorrido. O presidente Pumas do México (último clube do brasileiro), Leopoldo Silva, falou que o clube não pode tolerar esse tipo de conduta. Inclusive, na última semana, o lateral-direito teve o seu contrato rompido com os mexicanos.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Whats da Rádio Ole
Enviar mensagem
X