Polícia Federal, Polícia Civil e as forças de segurança do Distrito Federal e do Rio Grande do Sul ( que está auxiliando na identificação das pessoas) divulgaram os primeiros nomes dos presos após atos de vandalismo no Distrito Federal no domingo (8). Essa divulgação (que foi veiculada pelo G1) apresenta 412 pessoas, sendo que, 13 foram identificadas como moradores do Rio Grande do Sul. São 293 homens e 119 mulheres presos no Centro de Detenção Provisória II e na Penitenciária Feminina da Papuda no DF.

Entre os presos gaúchos está um caxiense de 45 anos morador do bairro Desvio Rizzo. Conforme os dados repassados pela polícia gaúcha Telmo José Reginatto trabalha com obras de alvenaria na região de Desvio Rizzo, e tem cadastro como Microempreendedor Individual (MEI). Os demais presos do Rio Grande do Sul são das cidades de Gravataí, Bagé, Santa Maria, Porto Alegre, Pantano Grande, Horizontina, Passo Fundo e São Leopoldo.

Confira a lista divulgada pelas forças de segurança

*Telmo José Reginatto, 45 anos –  Caxias do Sul – morador do bairro Desvio Rizzo, e trabalha como Microempreendedor Individual (MEI) com obras de alvenaria;

*Eduardo Zeferino Englert – 41 anos, da cidade de Santa Maria tem 41 anos;

* Ademir Domingos Pinto da Silva – 52 anos, da cidade de Gravataí;

*Cláudio Antônio Mesquita Peralta – 59 anos , da cidade de Bagé,

*João Ramão Moraes Diniz – 59 anos, da cidade de Porto Alegre;

*Paulo Cichowski – 47 anos, da cidade de Pantano Grande;

*Ivett Maria Keller – 57 anos, cidade de Santa Maria;

*Airton Dorlei Scherer- 44 anos, da cidade de Horizontina;

*Ressoli Praetorius de Mello – 54 anos, da cidade de Passo Fundo,

*Jairo Machado Baccin, 50 anos, da cidade de São Leopoldo;

*Marcos Novakoswki Krahn – 39 anos, da cidade de Ijuí;

*Mirian Gladis Lemmann- 50 anos, cidade de Santa Rosa

*Valquiria Mariza Dias Jahnke – 45 anos, da Cidade de São Pedro do Sul.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Whats da Rádio Ole
Enviar mensagem