Altar, bíblias e estátuas religiosas foram encontrados intactos no interior de uma igreja atingida pela enchente em Eldorado do Sul, na Região Metropolitana de Porto Alegre.

Em imagens divulgadas nas redes sociais, é possível ver que a água atingiu uma altura de quase três metros. Há marcas de barro nas paredes. Os bancos da paróquia estão todos revirados.

Um banco foi parar sobre o altar, mas um castiçal com cruz permaneceu sem danos. Em outro ponto, imagens de São Miguel e Nossa Senhora Aparecida também estavam sem avarias.

A capela de São Miguel foi inundada em 2 de maio. Desde então, ninguém havia entrado na igreja, segundo o padre Fabiano Glaeser dos Santos. O religioso não fala em milagre, mas considera um “sinal de Deus”.

“Eu não estou trabalhando a questão do milagre, estou trabalhando a questão do sinal de Deus. Não necessariamente um sinal extraordinário, inexplicável, mas um sinal. Talvez algum físico, químico venha aqui e dê uma explicação racional para o que aconteceu. E eu vou aceitar a explicação. Não sou anticiência. Mas, de fato, eu trabalho a questão do sinal”, sustenta Fabiano.

Eldorado do Sul foi a cidade mais atingida pelas cheias — mais de 80% do município foi inundado e 40 mil moradores tiveram que deixar suas casas. Ao todo, a tragédia climática deixou mais de 170 mortos no Estado.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Whats da Rádio Ole
Enviar mensagem