Na tarde desta quinta-feira, 25, a Polícia Civil efetuou a prisão de um homem, cuja idade não foi divulgada, acusado de participar do assalto a uma ótica ocorrido em novembro do ano passado, no Centro de Bento Gonçalves. Durante o crime, os assaltantes subtraíram uma quantia em dinheiro do estabelecimento comercial, além de jóias e relógios.

A detenção ocorreu no bairro Vila Nova, mediante o cumprimento de um mandado de prisão preventiva. O suspeito foi localizado em sua residência e não ofereceu resistência durante a abordagem. Após a prisão, ele foi conduzido à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) e, posteriormente, encaminhado ao sistema prisional.

As circunstâncias que levaram à captura do indivíduo não foram detalhadas devido a uma determinação da Associação dos Delegados de Polícia do Rio Grande do Sul (ASDEP), que proíbe a divulgação de informações à imprensa. Tal medida visa pressionar o Governo Estadual a avançar nas negociações relacionadas à valorização salarial da categoria, segundo informado pelos delegados da Polícia Civil.

Relembre:

Na manhã de sexta-feira, 10 de novembro, por volta das 11h, ocorreu um tiroteio na Rua Dr. José Mário Mônaco, situada no bairro Centro, próximo ao Hospital Tacchini, em Bento Gonçalves. Dois indivíduos em uma motocicleta foram avistados descendo a rua na contramão em alta velocidade, efetuando disparos para o alto

O episódio está relacionado a um assalto, ocorrido momentos antes, em uma ótica também localizada na Rua Saldanha Marinho. Dois homens entraram no estabelecimento e anunciaram o roubo, sendo subtraídos jóias e relógios. Após o crime fugiram com uma motocicleta e efetuaram disparos de arma de fogo em direção ao solo. Ninguém ficou ferido na ação. Veja a matéria completa no link.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Whats da Rádio Ole
Enviar mensagem